CONCILIAÇÃO FAMÍLIA – TRABALHO – IMPACTO SOCIAL

23 novembro 2019 – 14.30 – 20h

Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa

O evento nasce da vontade de oferecer à sociedade um espaço de inspiração e reflexão sobre: 1) a forma como estamos a viver estas três dimensões significativas da nossa existência: a família, o trabalho e o contributo social; 2) os desafios que nos colocam os seus contextos atuais e futuros; e 3) os novos caminhos que podem ser desenhados para a sua vivência mais harmoniosa e plena.

Procuramos descobrir juntos como viver:

  • a Família, atendendo mais e melhor às necessidades dos seus membros, nas diferentes etapas da vida e nos momentos de maior vulnerabilidade decorrente da idade (extremos da vida), da doença ou de determinado;
  • o Trabalho de um modo responsável contribuindo positivamente para o bem estar pessoal e social através dele, mas em equilíbrio com as outras dimensões do indivíduo (pessoais, familiares, comunitárias…). Para isto é necessário intervir a vários níveis e um deles é, por exemplo, mudar a cultura de trabalho combatendo a ideia de que estar mais horas no local de trabalho é igual a maior produtividade (o que não é verdade);
  • o Impacto Social de que cada indivíduo é detentor. Na verdade, o modo como vivo, a intenção com que faço o que faço pode ter e tem imenso impacto social: vivo atento às grandes questões da humanidade? Questiono-me sobre o meu papel? Descubro modos concretos de dar um contributo positivo? Uno-me a outros (sabemos que a união faz a força)para ter um impacto mais global? Para além disso, vivo consciente de que o meu modo de ser família e de trabalhar pode fazer a diferença na vida de muitos? Intencionalmente, cuido com dedicação e carinho destas dimensões?

Porque acreditamos no papel ativo de cada um na transformação da sociedade e no impacto social positivo de viver bem cada uma destas dimensões, lançamos estas questões.

A organização do evento parte de um conjunto de membros da Família Missionária Verbum Dei (FaMVD) atentos a estas questões e que têm vindo, desde há anos, a partilhar entre si as suas próprias inquietações e a entreajudar-se na procura de soluções para uma vivência mais harmoniosa das suas realidades familiares e laborais. Dando-se conta de que à sua volta muitos anseiam o mesmo, decidem abrir o debate público e proporcionar espaços de reflexão bem como criar redes de cooperação entre entidades afins. Nasce assim o Think Tank 3+, + Família + Trabalho + Impacto Social com a certeza de que é possível e necessário encontrar e sedimentar novos caminhos para vivermos mais e melhor cada uma destas dimensões.

A primeira sessão pública aconteceu em abril de 2018, no Caleidoscópio em Lisboa, na qual vários oradores de diferentes proveniências fizeram a partilha de percursos pessoais na vivência dos três vetores e da sua conciliação. (http://www.thinktank3mais.pt/sessotildees-puacuteblicas.html) Desta sessão resultou o reforço da convicção sobre a importância do tema e ficou a vontade de continuar a reflexão e de a alargar a mais intervenientes.

Foi assim que o Think Tank 3+ manteve a sua atividade que veio agora culminar na organização da segunda sessão pública, na tarde de 23 de novembro, no Salão Nobre da Reitoria da UL. Para este evento a nossa proposta divide-se em dois momentos:

Um primeiro, com um painel de oradores composto por pessoas que têm aprofundado estes temas a quem pedimos que partilhem connosco alguns dos desafios atuais em cada uma das áreas. São eles:

O Miguel Pina e Cunha e a Joana Costa Pereira – da Nova School of Business and Economics (Nova SBE), irão dar-nos uma visão sumária sobre o conhecimento existente no meio académico sobre a temática da conciliação Família-Trabalho;

  • A Maria Teresa Ribeiro da Fac. Psicologia da UL, terapeuta familiar e especialista em conciliação família-trabalho, vai abordar o tema do ponto de vista da vivência pelos indivíduos e suas famílias;
  • Ao Manuel Barata de Tovar, co-fundador da The Loop co., empresa social dedicada à economia circular e responsável pela ACEGE Next em Coimbra, pedimos para nos falar da evolução da realidade laboral e do ponto de vista dos empresários sobre a conciliação;
  • Por fim, a Alexandra Fernandes, Médica de Família e fundadora da «Fundação Ruben Fernandes – Microfinanciamento para o Desenvolvimento», desafiar-nos-á a descobrir e a por a render todo o impacto social positivo que existe em cada um de nós.

Depois destas intervenções curtas e inspiradoras seguir-se-á um segundo momento mais prático no qual convidamos os participantes a refletir, em grupos de trabalho, sobre os seguintes tópicos no âmbito da conciliação Família- Trabalho- Impacto Social:

  1. Onde estou?

  2. Onde quero estar?

  3. O que preciso para lá chegar?

No final, o José Pedro Cobra, humorista e contador de histórias, encerrará o evento com um toque de humor e positividade.

Acreditamos que é possível encontrar melhores caminhos de conciliação e nos benefícios dos mesmos para a vida pessoal, familiar, e laboral das sociedades. Reconhecemos que os sistemas sociais são complexos e que não existem soluções únicas. Dados da literatura mostram que quando se buscam caminhos de conciliação norteados pela convicção da relação simbiótica entre família e trabalho se encontram soluções mais benéficas.

A conciliação afeta várias esferas da economia e da sociedade como são a saúde e bem-estar do indivíduo e da sua família, a demografia, a organização dos cuidados aos membros mais vulneráveis, a rentabilidade e produtividade laboral entre muitas outras.

Convidamo-lo a unir-se a nós, no Salão nobre da reitoria da UL, dia 23 de novembro, às 14h30. Pode adquirir o seu bilhete em www.thinktank3mais.pt.